MONÓLOGO

“A arte é a minha voz 

Minha obra reflete a alegria da vida cotidiana, dos momentos simples e das lembranças. Uma busca constante por um equilíbrio entre a sutileza das cores e a complexidade das composições...”